Kataguiri aciona Justiça contra esposas de ministros de Lula e de governadores em cargos vital√≠cios em TCEs

O deputado federal Kim Kataguiri (União-SP) ajuizou ação popular, nesta sexta-feira 26, contra a nomeação em cargos vitalícios das esposas dos ministros do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, dos Transportes, Renan Filho, e do Desenvolvimento Regional, Walder Góes.

Por Jovem Pan em 26/05/2023 às 18:25:27

O deputado federal Kim Kataguiri (União-SP) ajuizou ação popular, nesta sexta-feira 26, contra a nomeação em cargos vitalícios das esposas dos ministros do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, dos Transportes, Renan Filho, e do Desenvolvimento Regional, Walder Góes. A ação também é movida contra as mulheres dos governadores do Pará, Helder Barbalho, e de Roraima, Antonio Denarium. Todas as cinco foram recentemente nomeadas conselheiras em Tribunais de Contas de Estado, com salários que variam entre R$ 35,4 mil e R$ 37,5 mil. Um processo movido pelo deputado federal pede a anulação dos atos de nomeação de Rejane Dias, esposa de Dias, no TCE-PI; Renata Calheiros, mulher de Renan Filho, no TCE-AL; Marília Góes, companheira de Góes, no TCE-AP; Simone Souza, esposa de Denarium, no TCE-RR; e Daniela Barbalho, mulher de Jader, no TCE-PA. Daniela já havia sido alvo de ação popular que acabou anulando sua nomeação, com a justificativa de que violava os princípios administrativos e configurava nepotismo. No entanto, em decisão do Tribunal de Justiça do Pará (TJ-PA), da última quarta-feira 24, ela foi autorizada a retomar o cargo.

Comunicar erro

Coment√°rios