Relatora da CPMI do 8 de Janeiro apresenta plano de trabalho; Torres e Cid estão no foco das investigações

A relatora da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que apura os atos de 8 de Janeiro , senadora Eliziane Gama (PSD-MA), apresentou o plano de trabalho ao colegiado em sessão nesta terça-feira, 6.

Por Jovem Pan em 06/06/2023 às 11:01:00

A relatora da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que apura os atos de 8 de Janeiro , senadora Eliziane Gama (PSD-MA), apresentou o plano de trabalho ao colegiado em sessão nesta terça-feira, 6. O documento apresentou as linhas gerais da investigação, que inclui a identificação dos mentores intelectuais das manifestações, o planejamento e a atuação dos órgãos de segurança da União e do Distrito Federal naquele dia, os acampamentos no Quartel-General do Exército, a relação do tenente-coronel Mauro Cid com envolvidos nos atos e a atuação de Anderson Torres, ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, tanto nos ataques de depredação dos órgãos públicos como sua relação com Silvinei Vasques, então diretor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no segundo turno das eleições.

“O Plano de Trabalho é, por definição, um ponto de partida, uma linha inicial de investigação que, naturalmente, será incrementada e enriquecida pelos depoimentos, perícias, estudos e documentos oficiais que serão reunidos ao longo das atividades da CPMI”, diz trecho do plano. A relatora argumentou ainda ser necessário que se compreenda que o 8 de Janeiro suscita divergências entre governo e oposição. “É natural que adversários eleitorais busquem utilizar a CPMI como palco para incremento do seu próprio capital político”, disse no documento.

Comunicar erro

Coment√°rios