França tem recorde de casos da Covid-19 desde o alívio dos bloqueios

Por Jovem Pan em 12/08/2020 às 22:14:43

Nesta quarta-feira, 12, a Françateve o maior número de novas infecções pelo coronavírus desde maio, quando começou a aliviar as medidas de restrições. Foram 2.524 novos casos, segundo o Ministério da Saúde francês. Isso eleva o total de contaminações pela Covid-19 a206.696. Já são 30.371 mortes pela doença. A Grécia também registrou os maiores números desde a primeira onda no país, em fevereiro. Foram 232 casos nas últimas 24h. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o país teve 5.942 contaminações pela Covid-19 e 214 mortos.

O primeiro-ministro daFrança, Jean Castex, anunciou ontem uma extensão da obrigação de uso de máscaraem espaços públicos ao ar livre, diante da evolução "preocupante" dapandemia, embora não esteja generalizada em todo o país. Castex, que fez repetidos apelos à responsabilidade individual e coletiva durante uma visita ao hospital universitário de Montpellier, afirmou que vai incumbir os prefeitos (delegados governamentais) de coordenar com os municípios para "estender ao máximo a obrigação de usar máscaras em espaços públicos".

Leia também

Covid-19: Brasil soma 1.175 mortes e mais de 55 mil novos casos em 24 horas

Caoa Chery lança novo modelo para disputar a fatia de 27% do mercado de SUV

Em todo o mundo, os casos da Covid-19 ultrapassaram a marca de 20,4 milhões nesta quarta. Já as mortes são mais de 745.600. Segundo a Universidade Johns Hopkins, os países que registram o maior número de infecções em números absolutos são os Estados Unidos (5.190.948), Brasil (3.109.630), Índia (2.329.638), Rússia (900 745) e África do Sul (568.919). Nas últimas 24 horas, foram 1.175 novas mortes no Brasil, totalizando 104.201. A taxa de mortalidade está em 49,6 com letalidade de 3,3%; e 55.155 novos casos, totalizando 3.164.785 desde que começou a pandemia.

* Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários