Descaso com a Covid-19 e endividamento do município foram temas de live do candidato a prefeito Anilton Bastos

A live que é transmitida nas redes sociais do candidato Anilton, teve como tema principal o descaso com a Covid-19 e o endividamento da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso.

Por Assessoria Anilton Bastos em 29/10/2020 às 10:31:43
(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

"Se acham que ações como essa vão nos intimidar, vocês estão redondamente enganados. Isso só nos motiva ainda mais junto com os nossos candidatos a vereador e vereadora e a nossa grande legião que nos acompanha diariamente. Vocês estão nos dando combustível para mostrarmos para a população que esses desmandos devem acabar e vão acabar.""

Essa foi a fala inicial do candidato a prefeito de Paulo Afonso, Anilton Bastos, no Debate 19, desta terça-feira, 27, ao se referir ao fato ocorrido nesta segunda-feira, 26, onde o jornalista da sua campanha, Leonardo Dias, foi agredido com spray de pimenta, por um funcionário da prefeitura e aliado do candidato Luiz de Deus.

A live que é transmitida nas redes sociais do candidato Anilton, teve como tema principal o descaso com a Covid-19 e o endividamento da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso. Durante um bate-papo esclarecedor, Anilton e o seu vice Flávio Henrique, discutiram os problemas enfrentados pela população durante esse período de pandemia e o descaso por parte da atual gestão com relação ao assunto.

Flávio Henrique fez questão de destacar que: "" Temos a obrigação de falar para as pessoas o que está acontecendo. A cidade está estagnada, parada e vivendo o péssimo sentimento do que é um município sem gestão. Agora eles tentam fazer uma política eleitoreira, mas não vamos permitir.""

Falta de Recursos e Endividamento da PMPA

Sobre o assunto, Anilton fez questão de explicar que existem recursos e a forma como a atual gestão está lidando com a pandemia é uma falta de responsabilidade com a vida da população paulafonsina. "" A prefeitura hoje recebe R$ 34 milhões de reais por mês, 1,5 bilhões aproximadamente no quatro anos, além dos 14 milhões aplicados no enfrentamento ao Covid. Tenho ouvido relatos que nos aterrorizam. Falta de testagem, luva de procedimento, medicação básica, equipamentos, máscaras, isso tudo está faltando no serviço essencial. Cada vez mais a atual gestão tenta contratar pessoas, usando a pandemia, desvirtuando o que deveria ser prioridade no momento que é a saúde, mas estão pensando única e exclusivamente na eleição"", enfatizou o candidato a prefeito.

Sindicância

Apesar da prefeitura receber verbas no montante próximo de R$ 14 milhões de reais destinados às ações contra o Covid, existem licitações com muitos casos já denunciados no Ministério Público Federal. Sobre a demora no resultado, Flávio Henrique cobrou: "Cadê o resultado da sindicância acerca das empresas fantasmas? Estamos falando de cifras que chegam, só nesse processo, a meio milhão de reais. Fui atrás e estamos com uma documentação vasta. O caso da empresa onde funcionava um hotel de cachorros, é verdade. Foi lá que a prefeitura cotou teste pro covid. Isso é muito grave e denota falta de zelo administrativo no trato do recurso público. Não estão nem ai com a forma que gastam o dinheiro.""

Aliança Luiz de Deus e Mário Negromonte Jr

Sobre um dos assuntos mais comentados durante o dia na cidade, Anilton fez questão de dizer que: "As pessoas estão se perguntando o que está por trás desse acordo. Duas pessoas consideradas inimigos políticos. Recentemente fizeram comentários ríspidos, ásperos, alguns até desrespeitosos, entre si, e agora estão abraçados, dizendo que estão fazendo algo pelo bem de Paulo Afonso. A verdade virá à tona. É só uma tentativa para a permanência no poder? O que eles querem com tudo isso? Haveremos de saber e a população também"", finalizou Anilton.

*Matéria publicada gratuitamente conforme estabelece o Art. 31º, alínea C, do Estatuto Social da Rede Ilha FM.

Comunicar erro

Comentários