Fundo de População da ONU projeta em prédio de Salvador lista de recomendações para garantir direitos das meninas

Por Redação Rede Ilha FM com informações do G1 Bahia em 30/10/2020 às 01:06:13
Ação, que é apoiada pela Secretaria de Políticas para Mulheres do Estado da Bahia, aconteceu no prédio residencial Villa de Las Violetas, na rua Oito de Dezembro. Fundo de População da ONU projeta em prédio lista de recomendações para garantir direitos das meninas

Lury Taillan/Divulgação UNFPA SPM

O Fundo de População das Nações Unidas no Brasil projetou em um prédio de Salvador uma lista de recomendações para a garantia dos direitos das meninas e jovens mulheres, no mês em que se comemora o Dia Internacional da Menina.

Essa lista tem como objetivo chamar atenção de toda a sociedade sobre os direitos das meninas, o seu papel e contribuição estratégica para o desenvolvimento sustentável. A projeção ocorreu das 19h às 23h, no residencial Villa de Las Violetas, localizado na rua Oito de Dezembro, no bairro da Graça. A ação teve apoio da Secretaria de Políticas para Mulheres do Estado da Bahia.

Conforme aponta o último relatório global do UNFPA, Situação da População Mundial 2020, o casamento infantil está intrinsecamente relacionado à pobreza, desigualdade social e baixa escolaridade no mundo todo.

No Brasil, uma a cada quatro meninas se casa antes dos 18 anos, o que corresponde a um índice de 26%, enquanto a média mundial é de 20%. Uma menina que se casa cedo tem também mais chances de enfrentar a gravidez e o parto precocemente, com riscos maiores de morrer por complicações na gravidez.

Ação aconteceu no bairro da Graça, em Salvador

Lury Taillan/Divulgação UNFPA SPM

O índice de gravidez na adolescência do Brasil também é alto, com 53 adolescentes grávidas a cada 1.000 jovens. Essa taxa teve uma ligeira melhora em relação aos anos anteriores, quando era de 62 a cada 1.000, mas segue sendo maior do que a média mundial, que é de 41.

Por isso, no mês em que se comemora do Dia Internacional da Menina, o Fundo de População da ONU, chama a atenção para o assunto, por meio da campanha Ela Decide Seu Presente e Seu Futuro.

A campanha, lançada em 2018, busca mobilizar em todo o país ações de apoio e empoderamento das mulheres e adolescentes para tomar decisões autônomas sobre sua sexualidade e vida reprodutiva – sobre as questões que envolvem saúde e corpo, sobre engravidar ou não, quando e quantos filhos ter e, ainda, as diferentes vivências da maternidade.

Ela Decide tem o apoio estratégico da Aliança pela Saúde e pelos Direitos Sexuais e Reprodutivos, da Embaixada do Canadá e da Embaixada dos Países Baixos e das influenciadoras digitais: Gabi Oliveira (DePretas) e Julia Tolezano (a Jout Jout), e as atrizes Juliana Alves e Bella Piero.

Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.

Ação aconteceu nesta quinta-feira

Lury Taillan/Divulgação UNFPA SPM

Assista aos vídeos do Bahia Meio Dia

VÍDEOS: BMD de quinta-feira, 29 de outubro de 2020
Comunicar erro

Comentários