Alcolumbre convida Bolsonaro ao Amapá para "ver situação do apagão de perto"

Por Jovem Pan em 19/11/2020 às 20:22:35

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, se reuniu com Jair Bolsonaro na tarde desta quinta-feira, 19, para conversar sobre a situação do Amapá após apagão que dura 17 dias no estado. O senador do DEM, que é amapaense, acompanha o ocorrido e sobrevoou a capital, Macapá, na última segunda-feira, 16. “Ao presidente Bolsonaro, fiz um contundente relato sobre as dificuldades por que passam os amapaenses. A situação é dramática e as pessoas estão sofrendo. Expus ao presidente Bolsonaro a urgência de um auxílio extraordinário que possa recompor parte do prejuízo e dos estragos que a população vem amargando”, afirmou em nota divulgada nas redes sociais, Alcolumbre disse, ainda, que também se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes. O encontro não estava oficializado na agenda de nenhum dos três.

Leia também

Justiça determina afastamento da diretoria da Aneel e ONS após apagão

Ministro das Minas e Energia vai nesta quinta ao Amapá; concessionária pede 'paciência' com apagão

Em evento, Bolsonaro ignora perguntas sobre novo apagão no Amapá

Além de contar sobre a situação do estado ao presidente, Davi Alcolumbre convidou Jair Bolsonaro para visitar a região com ele. “Também chamei o presidente Bolsonaro para ver de perto a situação”, pontuou. O estado ficou às escuras no dia 3 de novembro, quando um incêndio destruiu um transformador acabando com a alimentação de energia de 14 dos 16 municípios da região. Quatro dias depois, a luz foi restabelecida em forma de rodízio, alternando fornecimento para regiões a cada seis horas. No último dia 18, um novo apagão geral foi registrado e energia só foi retomada parcialmente por volta da 1h desta quinta. Também nesta quinta, a Justiça Federal do estado determinou o afastamento da atual diretoria da Aneel e da ONS por 30 dias para que eles não interfiram nas investigações sobre quem pode ter causado o incêndio que culminou no apagão.

Comunicar erro

Comentários