Biden impõe testes e quarentena a estrangeiros chegando aos EUA

Por Jovem Pan em 22/01/2021 às 06:46:12

O presidente Joe Biden iniciou o primeiro dia à frente da Casa Branca alterando medidas do governo de Donald Trump para conter o avanço do coronavírus nos Estados Unidos. No plano apresentado pelo democrata, pessoas que chegarem aos EUA vindas do exterior deverão apresentar um teste negativo antes mesmo de entrar no avião e fazer quarentena quando chegar no país. Agora, o uso de máscara passa a ser obrigatório em transportes públicos e também em locais públicos federais.

O governo pretende reabrir a maioria das escolas até o mês de maio e, para isso, a agência federal de administração de emergências estabelecerá as diretrizes. Uma medida que foi usada na gestão Trump e que também foi anunciada por Biden é que as agências governamentais poderão usar o ato de defesa da produção, permitindo que o governo requisite suprimentos de fábricas privadas. Em um discurso realista, Joe Biden disse que a situação continuará piorando — estimando que o número de mortes no país chegue a 500 mil.

Mas reiterou que haverá uma melhora e garantiu que os Estados Unidos vão superar a pandemia. Na quinta-feira, 21, o governo do democrata anunciou também que o país vai aderir ao programa da OMS de imunização, o Covax Facility, que visa disponibilizar vacinas e medicamentos contra a Covid-19 em todo o mundo. A medida vai na contramão do que vinha pregando Donald Trump, que não incluiu o país no plano e acusava a Organização Mundial da Saúde de favorecer a China, demorando para avisar o mundo sobre a pandemia.

*Com informações da repórter Camila Yunes

Comunicar erro

Comentários