Alexandre Lopes, presidente do Inep, é exonerado

Por Jovem Pan em 26/02/2021 às 10:18:51

Alexandre Lopes, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), foi exonerado do cargo nesta sexta-feira, 26. A exoneração foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) e assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto. O Inep é o órgão do Ministério da Educação que, entre outras atribuições, é responsável pela elaboração do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Suspensões, adiamentos, judicialização e recordes de abstenção marcaram a edição 2020 do Enem. Inicialmente, a prova estava marcada para acontecer em novembro do ano passado, com diferentes datas para a versão impressa e digital do exame. No entanto, com o avanço expressivo da Covid-19 a partir de abril no país, autoridades de saúde, assim como especialistas da educação, iniciaram debates sobre a necessidade de mudanças na data da prova.

Apesar dos pedidos e dos impactos da pandemia na educação brasileira, que precisou se adaptar, às pressas, ao ensino remoto, tanto o Ministério da Educação quanto o Inep chegaram a negar a possibilidade de suspensão ou mudança no exame. Em 19 de maio, o Senado Federal iniciou as discussões sobre o possível adiamento de vestibulares. Segundo proposta aprovada pelos senadores, ficaria prorrogado automaticamente a aplicação das provas, exames e demais atividades de seleção para o ensino superior em caso de reconhecimento de estado de calamidade pública, como no caso da pandemia. Com aumento da pressão social e legislativa, um dia depois, em 20 de maio, o Ministério da Educação anunciou o adiamento do Enem.

Lopes assumiu o lugar de Elmer Vicenzi, que pediu demissão em maio de 2019. O delegado da Polícia Federal havia assumido o cargo há menos de um mês, em 29 de abril. Vicenzi foi indicado para a presidência da autarquia para substituir o ex-presidente Marcus Vinicius Rodrigues, demitido em março pelo então ministro da Educação Ricardo Vélez Rodrigues. Além de Lopes, Vicenzi e Rodrigues, também passou pela presidência do Inep Maria Inês Fini, que foi demitida em janeiro de 2020. Ela estava na posição desde maio de 2016, quando foi nomeada pelo então presidente Michel Temer. O substituto de Lopes ainda não foi nomeado.

Comunicar erro

Comentários