Sem competições por causa da pandemia, gastos da Secretaria de Esportes passam dos R$ 04 Milhões

Sem nenhuma competição ou atividade, a pasta consumiu cerca de R$ 4.005,013,58 milhões

Por Redação Rede Ilha FM em 27/02/2021 às 21:40:08
(Foto: Reprodução/PMPA)

(Foto: Reprodução/PMPA)

Desde abril de 2020, quando a Prefeitura de Paulo Afonso (BA) anunciou as medidas para conter o avanço do coronavírus (Covid-19), atletas ligados à Secretaria Municipal de Esportes se viram sem alguns serviços. Desde então, o grupo tenta retomar suas atividades de treinos e projetos, seguindo todos os protocolos estabelecidos pela OMS. Todos os profissionais e atletas continuam parados e sem o apoio da Secretaria.

Enquanto isso, mesmo com as competições suspensas - Jogos Regionais, torneio da Juventude - e outros projetos paralisados, a pasta continua a funcionar, incluindo o secretário Jânio Soares.

Segundo levantamento feito pela Rede Ilha FM com base na prestação de contas do 03º quadrimestre/2020, a pasta consumiu cerca de R$ 4.005,013,58 milhões, sem ter apoiado um projeto sequer. Esses números chamaram a atenção dos parlamentares durante a prestação de contas feita pela controladoria nesta sexta-feira (26/02).

Para piorar o clima, alguns eventos feitos no município foram bancados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SEDES). Os valores levantaram críticas de vereadores e questionamento sobre o destino dos R$ 04 milhões.

Os atletas alegam que não são mais recebidos. "Está tudo parado e ninguém nos ouve ou nos recebe. Daí quando precisamos eles [prefeitura] somem. Nas eleições eles [prefeitura] souberam nos procurar e fazer promessas", afirma os atletas à nossa reportagem.


Comunicar erro

Comentários