Itabuna: Cirurgia inédita é realizada em criança que sofreu aneurisma cerebral

Por Redação Rede Ilha FM, com informações do Bahia Notícias em 07/04/2021 às 20:10:53
O menino Wanderlypio Novais Cardoso, 10 anos, tem motivos para comemorar após ser submetido a uma cirurgia inédita em Itabuna, no Litoral Sul. Após uma crise de dor cabeça, o menino ficou desacordado por 12 dias até ser internado, e submetido a uma embolização de aneurisma cerebral, um tratamento endovascular de aneurisma intracraniano inédito no sul da Bahia. De acordo com a equipe médica que o acompanhou, todo o procedimento foi realizado sem necessidade de perfurar o crânio do paciente.

O caso ocorreu na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna (SCMI). A tia da criança, Silene Jardim Novais, narra o momento de tensão vivido pela família."Ficamos desesperados quando ele passou mal, começou vomitar, reclamar das dores de cabeça e desmaiar. Levamos para um hospital na nossa cidade e o médico disse que o meu sobrinho sofria com diabetes. Por isso, estava naquela situação. Mas os profissionais daqui detectaram qual era realmente o problema", disse.

De acordo com o neurocirurgião pediátrico Fernando Schmidt, o método usado com Wanderlypio Novais - que teve alta nesta quarta-feira (7) - é um tratamento frequente, mas ainda de pouco acesso no Sistema Único de Saúde (SUS), pois é um procedimento de alto custo e requer material especializado. "A cirurgia durou uma hora e a recuperação do paciente foi ótima", conta.

Foto: Divulgação

De acordo com o chefe do serviço de Neurocirurgia da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, Sílvio Porto, o menino foi diagnosticado com hemorragia subaracnóidea espontânea por ruptura de aneurisma cerebral. O procedimento realizado pelos médicos Fernando Schmidt, Antônio Roberto de Campos Júnior e Rafael Cano Ribeiro no setor de hemodinâmica.

Comunicar erro

Comentários