Foragido da justiça condenado por matar 24 pessoas morre em troca de tiros com a polícia em PE

O foragido, segundo a polícia, estava em Pernambuco, onde articulava novos crimes ligados a homicídios e tráfico de drogas na região.

Por Redação Rede Ilha FM, com informações do Alagoas 24 Horas em 01/05/2021 às 15:58:38
(Foto: Reprodução/TV Asa Branca)

(Foto: Reprodução/TV Asa Branca)

Erivaldo Francisco Neves de Oliveira, de 49 anos, que estava foragido da justi√ßa de Alagoas após confessar o assassinato de 24 pessoas, incluindo o próprio irm√£o, foi morto em uma troca de tiros ocorrida durante o cumprimento de um mandado de pris√£o, neste s√°bado (1), em Canhotinho, interior de Pernambuco.

De acordo com as informa√ß√Ķes do delegado Gustavo Xavier, diretor da Divis√£o Especial de Investiga√ß√Ķes e Capturas (Deic), da Pol√≠cia Civil, a a√ß√£o realizada por equipes do T√°tico Integrado de Grupos de Resgate Especial (Tigre), da Pol√≠cia Penal de Alagoas com apoio da Delegacia Regional de Garanhuns (18¬™ Desec), da PC de Pernambuco, foi para prender o criminoso que deixou o sistema prisional, rompeu a tornozeleira eletrônica e fugiu.

O foragido, segundo a pol√≠cia, estava em Pernambuco, onde articulava novos crimes ligados a homic√≠dios e tr√°fico de drogas na regi√£o. De acordo com o delegado, ao chegar no endere√ßo informado as for√ßas policiais foram recebidas a tiros e, ao revidar, atingiram Erivaldo. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital de Garanhuns, mas n√£o resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de sa√ļde.

De acordo com a pol√≠cia, o foragido tinha sido solto em fevereiro deste ano, após 30 anos detido no sistema prisional. Ele havia confessado o homic√≠dio de 24 pessoas, sendo uma delas o próprio irm√£o.

Comunicar erro

Coment√°rios