MC Don Juan diz que foi difícil lidar com a morte de MC Kevin: "Tinha acabado de perder um filho"

Por Redação Rede Ilha FM em 29/05/2021 às 10:17:08

O cantor MC Don Juan tem apenas 20 anos, mas já é um dos nomes mais populares do funk. Longe dos palcos desde o início da pandemia, o paulista aproveitou esse tempo para se trancar no estúdio e produzir músicas novas. A estratégia deu certo e o cantor acabou empacando hits como Bipolar e Liberdade (Quando Grave Bate Forte) no último ano. “Antes da pandemia, eu fazia tanto show que não tinha tempo de parar e analisar tudo com clareza. A quarentena está sendo boa por isso, não estou podendo fazer show, nem sair na rua, mas fiquei muito no estúdio. Acabei produzindo muita coisa nesse período e consegui estourar umas quatro músicas. Eu só não tive a oportunidade de sentir isso, de ouvir o pessoal cantando comigo, mas estou tento uma noção [do sucesso] pela internet”, contou o funkeiro em entrevista à Jovem Pan.

A trajetória de Don Juan na música começou cedo, aos 11 anos, mas a carreira de cantor só começou a despontar quando ele tinha de 15 para 16 anos. Ter o apoio e a estrutura da família nesse processo foi, segundo o funkeiro, fundamental para ele se consolidar na música. “Essa é a ferramenta principal para não se perder, para não se empolgar e também para conseguir se manter no meio artístico.” Com a fama, muitas pessoas tentaram se aproximar do cantor, mas ele enfatizou que sempre escolheu bem suas amizades. “Sempre mantive perto de mim as pessoas que conheço desde criança, meus amigos continuam os mesmos. Sempre fui mais fechado e analisei bem quem está do meu lado”, disse o cantor. Um dos amigos de Don Juan era MC Kevin, que morreu aos 23 anos após cair do 5º andar de um prédio na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

O artista contou que estava enfrentando outra difícil perda quando descobriu que Kevin havia morrido. “Eu tinha acabado de perder um filho, estava há um dia sem dormir, estava mal, aí eu recebi essa notícia que foi uma das piores da minha vida. O Kevin era como um irmão”, contou o funkeiro que namora com a DJ Allana. A gravidez, que acabou sendo interrompida, chegou a ser citada no videoclipe Lockdengo, música que Don Juan gravou em parceria com o cantor Tierry. “Foi difícil [perder um filho], a gente faz um plano, mas Deus é quem escreve o roteiro. Eu procuro me aproximar de Deus para tentar entender, porque eu quero ser pai mais que tudo, é meu sonho”, afirmou. Além da parceria com Tierry, Don Juan também gravou com Maiara e Maraisa e Márcia Fellipe. Para o cantor, essas são oportunidades de expandir sua música e conquistar um público que talvez esteja acostumado a ouvir apenas outros gêneros musicais, como o sertanejo.

Don Juan vive o auge da sua carreira e, segundo dados do Spotify, está entre os cantores brasileiros com maior número de ouvintes no país. Todo esse sucesso também mudou a realidade financeira do artista, que recentemente comprou um apartamento de luxo em São Paulo avaliado em R$ 2 milhões. Além disso, ele também está investindo no mercado imobiliário. “Tem hora que nem acredito que isso está acontecendo na minha vida. As coisas que estou conquistando, eu nem sabia que tinha como, por exemplo, ter uma casa bacana e um carro bacana. Minha realidade era outra. Antes da fama, via minha mãe trabalhando o dia inteiro, chegando muito tarde em casa, eu cuidava dos meus irmãos, ia para escola e depois limpava a casa. É a realidade de todo moleque favelado. Agora, estou vivendo um sonho e não sabia que o funk ia proporcionar tudo isso para mim”, finalizou o cantor.

Comunicar erro

Comentários