'Fechamos o ano de 2021 com uma redução de 15% dos homicídios', afirma comandante do 4° BPM, em Caruaru

Coronel Saraiva fez um balanço da segurança pública do estado durante entrevista à CBN Caruaru.

Por Redação Rede Ilha FM, com informações do G1 Pernambuco em 28/12/2021 às 12:00:20
(Foto: Reprodução/Google Street View)

(Foto: Reprodução/Google Street View)

Na entrevista da Rádio CBN Caruaru desta terça-feira (27), o coronel Saraiva, comandante do 4° Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco, com sede em Caruaru, falou sobre o balanço da segurança pública do estado durante o ano de 2021.

O coronel afirmou que, graças ao conjunto do Batalhão com outras polícias, as taxas de crime diminuíram. "Apesar de não termos tido grandes eventos, como Carnaval e São João, nós tivemos alguns atividades com os decretos estaduais e municipais. Mas, paralelo a isso, não relaxamos o combate à criminalidade, fechamos o ano de 2021 com uma redução de 15% dos homicídios", afirmou.

"Aqui em Caruaru, esse ano, será o melhor ano do 'Pacto pela Vida'. É um resultado do combate aos homicídios de Caruaru. Tivemos um bom resultado também na repressão de uma grande quantidade de entorpecentes, 250 armas de fogo, mais de 2 mil prisões. Da forma que fazemos, gera um número muito positivo no ano de 2021, para o 4° Batalhão. Todo esse trabalho em conjunto é que proporcionou esses bons resultados", disse o coronel.

Sobre a movimentação nas rodovias, durante os dias de feira, o comandante comentou sobre a fiscalização que vem sendo feita. "Caruaru é uma cidade estratégica, com uma encruzilhada de BR. Para além das ações de segurança pública, no início de novembro, iniciamos a operação 'Rodovia Segura', para a proteção das rodovias, com os sulanqueiros que convergem de outros estados, para Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama, de forma que na madrugada antes das feiras", destacou.

"Fazemos um patrulhamento extensivo nas rodovias estaduais e federais. A partir do momento que o sulanqueiro entra no estado de Pernambuco, ele vai encontrar patrulhas da Polícia Rodoviária Federal, então tudo isso é pensado de forma a garantir essa vinda durante a madrugada e a volta dessas pessoas para outro estado. Esse ano não reportamos nenhum episódio furto e de roubo dos sulanqueiros na nossa área", finalizou o coronel.

Comunicar erro

Comentários