Gás natural tem aumento médio de 8,59% em Pernambuco; novos preços valem para casas, carros e comércio

A autorização do aumento foi publicada no Diário Oficial de Pernambuco de sábado (30).

Por Redação Rede Ilha FM, com informações do G1 Pernambuco em 01/08/2022 às 21:56:21
(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

O gás natural está mais caro em Pernambuco. Nesta segunda (1º), entrou em vigor a nova tabela com reajuste médio de 8,59%, autorizado pela Agência Reguladora (Arpe). Com isso, vão pagar mais as pessoas que usam o produto nos carros, empresas, comércio e em casa.

A autorização do aumento foi publicada no Diário oficial de Pernambuco de sábado (30). O reajuste está na resolução Nº 217, de 29 de julho de 2022. Os novos valores vão valer até o dia 31 de outubro deste ano.

Para quem usa o gás natural em casa, o aumento é de 10,77%. Quem usa de 0 a 30 metros cúbicos por dia, por exemplo, deixa de pagar R$ 4,84 e vai desembolsar R$ 5,36.

Para quem usa mais de 3 mil metros cúbicos por dia, o valor sai de R$ 3,24 para 3,58. A variação é de 10, 17%.

Um cliente da Companhia Pernambucana de Gás (Copergás) que usa gás natural para abastecer o carro vai ter que desembolsar, sem contar os impostos, mais 4, 844%. O preço de um metro cúbico saiu de R$ 2,66 para R$ 2,79.

Os grandes consumidores industriais e comerciais também terão que pagar mais. O reajuste para essa categoria foi de 9,98%. Esse é o aumento para a faixa de consumo que vai de 0 a mil metros cúbicos de gás por dia.

Segundo a Arpe, o reajuste foi provocado pelo repasse do aumento médio de 9,48% no custo de aquisição do gás natural. Também considerou "a compensação de diferença em favor da Copergás".

A Copergás, segundo a Arpe, deve enviar relatórios mensais de comercialização para a Petrobras e empresas distribuidoras a respeito de compra do produto, logística e transporte.

Outro aumento

Em novembro de 2021, o gás natural teve um aumento. A Arpe autorizou a Copergás a fazer um reajuste médio de 4,68%.

O reajuste valeu para todos os tipos de consumidor: residencial, abastecimento de veículos, comércio e indústria. O aumento tem valores diferentes e foi fixado de acordo com a finalidade do uso de gás e o volume do produto adquirido.

Comunicar erro

Comentários