China inicia exercícios militares com munição de verdade perto de Taiwan após visita de Pelosi

Por Jovem Pan em 04/08/2022 às 10:00:19

A China iniciou nesta quinta-feira, 4, os maiores exercícios militares do país em décadas ao redor de Taiwan, em uma demonstração de força após a visita à ilha da presidente da Câmara de Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi. As manobras são realizadas com munição real e começaram às 12 horas (1 hora da manhã de Brasília) e devem continuar por três dias, até o mesmo horário, encerrando no domingo, 7. “Seis grandes áreas ao redor da ilha foram selecionadas para o exercício de combate e, durante este período, navios e aeronaves não poderão entrar nos espaços aéreo e marítimo envolvidos”, informou uma mídia estatal chinesa. Pelosi deixou Taiwan na quarta-feira, 3, após uma visita de menos de 24 horas que irritou Pequim, que considera a ilha parte de seu território e não reconhece sua independência. A legisladora, segunda na linha de sucessão presidencial, é a principal autoridade americana a visitar Taiwan em 25 anos. Ela declarou que teve o objetivo de “deixar claro, de forma inequívoca”, que os Estados Unidos “não abandonarão” a ilha. Em resposta, a China prometeu punir os que a ofenderam e anunciou manobras militares nas águas próximas de Taiwan, que incluem algumas das toras marítimas mais movimentadas do mundo.

O ministério da Defesa de Taiwan afirmou que a China disparou “múltiplos” mísseis balísticos em águas próximas à ilha. A pasta condenou o que chamou de “ações irracionais que minam a paz regional”. O Partido Comunista da China disparou múltiplos mísseis balísticos Dongfeng nas águas próximas do nordeste e sudoeste de Taiwan a partir de 13:56 (2:56 de Brasília), afirmou o ministério da Defesa em um comunicado. As autoridades militares taiwanesas não mencionaram local exato onde os mísseis caíram ou se sobrevoaram a ilha. O Exército Popular de Libertação (EPL), nome oficial das Forças Armadas da China, também confirmou o lançamento dos mísseis.

O coronel Shi Yi, porta-voz do Comando Oriental, disse que as forças chinesas lançaram “um ataque de poder de fogo de mísseis convencionais multirregional e multimodal em águas predeterminadas na parte leste da ilha de Taiwan”. “Todos os mísseis atingiram o alvo com precisão”, acrescentou o coronel Shi. Em Pingtan, uma ilha chinesa próxima da área de manobras, jornalistas observaram vários projéteis, seguidos de uma coluna de fumaça branca. Os turistas que estavam na praia desta ilha também observaram os disparos. Pouco antes, helicópteros militares sobrevoaram a zona em direção ao Estreito de Taiwan.

*Com informações da AFP

Comunicar erro

Comentários