Estados Unidos criam 528 mil vagas de emprego em julho; desemprego cai para 3,5%, a menor taxa em 50 anos

Por Jovem Pan em 05/08/2022 às 13:01:40

Os Estados Unidos criaram 528 mil vagas de emprego em julho, divulgou nesta sexta, 5, o Departamento de Trabalho. O número foi acima do esperado pelo mercado e levou a taxa de desemprego do país para 3,5%, a menor em 50 anos. Os dados de junho foram revisados para cima, de 372 mil para 398 mil. De acordo com o relatório divulgado pelo órgão governamental, a demanda por mão-de-obra segue firme em toda a economia, apesar da inflação alta e da crescente preocupação com uma desaceleração no ritmo de crescimento, forçada pelas altas nas taxa de juros determinadas pelo Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano). Os setores de serviços de hospedagem e alimentação, assistência médica e atividades de serviços em geral foram os principais destaques no número de contratações, e mesmo as áreas vulneráveis à subida na taxa de juros mantiveram um bom nível de vagas criadas.

Com o crescimento do emprego, apesar dos Estados Unidos terem entrado em recessão técnica após dois trimestres consecutivos de números negativos do Produto Interno Bruto (PIB), o Fed pode encontrar motivos para um aumento mais agressivo nos juros, como forma de combater a inflação. Na semana passada, o presidente do Fed, Jerome Powell, manteve aberta a possibilidade de novo aumento de 0,75 ponto percentual na próxima reunião sobre o tema em setembro, o que também dependerá dos próximos dados econômicos e de inflação. Entre outras informações divulgadas pelo Departamento de Trabalho, a taxa de participação do total da população na força de trabalho anotou leve queda a 62,1%, de 62,2% da leitura anterior. Os salários por hora trabalhada subiram em US$ 0,15, ou 0,5%, em relação ao mês anterior, para US$ 32,27. Nos últimos 12 meses, os ganhos salariais foram de 5,2%.

Comunicar erro

Comentários