Marconi cobra da prefeitura adequação do piso salarial dos agentes de endemias

Por Redação Rede Ilha FM em 11/08/2022 às 13:01:47
(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

"Estamos aqui para defender o interesse do povo e não o interesse pessoal de político A ou B". Essa foi a fala inicial do vereador e candidato a deputado estadual, Marconi Daniel (PV), durante sessão na Câmara de Vereadores de Paulo Afonso desta segunda-feira, 08. Entre os assuntos discutidos na plenária, está a adequação do piso salarial dos agentes de endemias, assunto que o vereador fez questão de cobrar da Prefeitura um posicionamento.

"Hoje estamos aprovando esse requerimento, em caráter de urgência, para que a prefeitura traga o quanto antes para aprovarmos. O povo tenha merece dignidade. Queremos que a Prefeitura siga o que pede a emenda constitucional de Nº 120 de 05 de maio de 2022 que é adequação ao reajuste salarial ao nível nacional da categoria. Até agora nenhum agente foi chamado para uma conversa", destacou Marconi.

O vereador afirmou ser um conhecedor da luta diária dos agentes. "Esse direito era para ser cumprido e até agora não foi. Nesta quarta teremos uma reunião com a classe. Tinha um agente de endemias dentro da minha casa. Meu irmão era agente. Sei de todo o sacrifício do trabalho de campo que a categoria passa, seja tendo que subir escadas, acidentes de trabalho que surgem, além do fato deles andarem expostos ao sol, tudo para trazer resultado para as famílias de Paulo Afonso, para que elas fiquem livre de inseto, da dengue, e outras situações", contou.

E complementou: "Falta farda, material de trabalho e não existe um ponto fixo para dar suporte a categoria. Muitos não fazem o relato com medo de perseguição, temem uma demissão".

Ainda na tribuna, Marconi desabafou. "Para chegarmos até aqui na tribuna com essa reivindicação não foi fácil. Vamos acabar com essa história pois agora vocês agentes estão embasados na lei, isso é um direito de vocês. Pedimos que a prefeitura tenha mais sensibilidade com essa e outras secretarias. Esperamos que não a gestão na alegue falta de dinheiro porque todos nós sabemos que tem de sobra", afirmou.

Problemas recorrentes

O parlamentar denunciou ainda problemas recorrentes na cidade. "Estive no fim de semana na área rural e pude constatar que as estradas estão em péssimas condições. Falta água nas comunidades, e em alguns locais, esse bem precioso está sendo abastecido por meio de um trator. Na cidade, os problemas da saúde não param no HMPA e Nair. O BTN clama por socorro. Onde está o administrador? Será que está fazendo campanha para a filha?", questionou.

Marconi finalizou afirmando que: "estão fazendo uma gestão de terrorismo com o povo. Estamos constatando atitudes desumana que está acabando com a dignidade. Precisamos mudar esse cenário o quanto antes", finaliza.

Comunicar erro

Comentários