Morre americano atingido por bala perdida na zona norte do Rio

Por Jovem Pan em 12/08/2022 às 23:45:10

O norte-americano Trey Thomas Joseph Barber, de 28 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira, 12, no Rio de Janeiro, três dias após ser atingido por uma bala perdida. Professor de língua portuguesa em Los Angeles, ele estava na capital fluminense desde julho, em férias, hospedado na casa de uma amiga em Cascadura (zona norte). Barber estava na sala da casa onde se hospedava, na tarde de terça-feira, 9, quando se levantou para pegar o controle remoto da TV, por volta das 17h45, e foi atingido na nuca por uma bala perdida que entrou pela janela. Estava ocorrendo um intenso tiroteio entre traficantes e milicianos no morro do Fubá, que fica perto dali, entre Cascadura e Campinho. Levado ao Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier (zona norte), o norte-americano recebeu os primeiros socorros e foi submetido a uma cirurgia. Na madrugada de quinta-feira, 11, ele foi transferido para o Hospital Samaritano, em Botafogo (zona sul), onde acabou morrendo cerca de 24 horas depois. Segundo amigos do professor, a bala atingiu uma veia que irrigava o cérebro. Em nota, o Consulado dos EUA prestou condolências à família de Barber e afirmou que está oferecendo assistência. Amigos do professor lançaram uma campanha de arrecadação de dinheiro para pagar o traslado do corpo para os Estados Unidos e o funeral. O caso é investigado pela Polícia Civil, que tenta descobrir o autor do disparo. O tiroteio fez mais três vítimas: dois passageiros de um ônibus da linha 383 (Padre Miguel-Praça da República) também foram atingidos durante o trajeto do coletivo, mas sobreviveram. Um homem foi encontrado morto pela polícia logo após o tiroteio.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comunicar erro

Comentários