Latino diz que deveria ter sido convidado para o Rock in Rio 2022 e fala sobre cantar em casamentos

Por Redação Rede Ilha FM em 16/09/2022 às 16:35:52

Nesta sexta-feira, 16, o programa Pânico recebeu o cantor Latino. Em entrevista, ele opinou sobre o sucesso da edição deste ano do Rock in Rio e afirmou que o festival deveria tê-lo convidado para se apresentar. “Eu sou suspeito, acho que eu tinha que estar lá. Eu curtiria fazer um show no camarote. Se tivesse me convidado, iria ser diferenciado. É bem grande, bem espaçoso. Se contemplasse um palco grande, as atenções iam ser voltadas para a gente. Modéstia à parte, a gente saberia conduzir de forma bacana”, contou. O artista também deu detalhes sobre sua música mais nova e a história por trás da letra. “Estou lançando uma música chamada ‘Se Beber Não Case’. Essa molecada está com a coisa da mistura. Você vai formando um ritmo diferente, o mercado está muito pulverizado. Esses featurings [parcerias entre artistas] são exatamente para agregar forças. Preferi fazer essa música sozinho e contar a história de forma bacana. É a história de uma grande despedida de solteiro, chegou virado no azeite no casamento e deu ruim”, disse.

Com mais de 30 anos de carreira, Latino diz estar contente com os frutos da música. “Estar de bem com a vida, fazer o que você ama, dar conta do recado. Nunca recebi tantos presentes. Se a gente voltar bem lá atrás, a grande responsável foi a Lucília Diniz. Fiz o show de 80 anos da Hebe, aquilo foi emblemático, um divisor de águas”, avaliou. O cantor contou que já fez shows para João Doria e que hoje seu foco são festas corporativas e casamentos. “Senti que a alta sociedade começou a me adotar, comecei a cair no gosto corporativo. Fiz muita festa do “Calça Apertada” [João Doria]. O maior consumo nosso é o corporativo, formaturas e casamentos. A gente não dá conta. Depois da pandemia, todo mundo decidiu se casar”, concluiu.

Confira na íntegra a entrevista com Latino:

Comunicar erro

Comentários