Rússia está pronta para defender territórios na Ucrânia com armas nucleares, afirma membro do governo

Por Jovem Pan em 22/09/2022 às 10:45:15

O ex-presidente da Rússia e atual vice-presidente do Conselho de Segurança do país, Dimitri Medvedev, afirmou que o seu país está pronto para defender os territórios ucranianos conquistados pelas tropas russas com “armas nucleares estratégicas”. A afirmação foi feita por Medvedev nesta quinta-feira, 22, durante pronunciamento à nação. “A Rússia anunciou que não só as capacidades de mobilização, mas também qualquer arma russa, incluindo armas nucleares estratégicas e armas baseadas em novos princípios, podem ser usadas para essa proteção”, disse Medvedev. Ele também reafirmou a realização de referendos sobre separação das regiões ucranianas de Luhansk, Donetsk, Kherson e Zaporizhzhia, que foram invadidas pela Rússia e afirmou que “o establishment do Ocidente e todos os cidadãos dos países da Otan precisam entender que a Rússia escolheu seu próprio caminho”. Medvedev subiu o tom da narrativa de Vladimir Putin um dia após uma nova escalada na Rússia, quando o presidente anunciou a convocação de 300 mil reservistas e disse estar pronto para responder a ameaças nucleares. “Nosso país possui uma variedade de armas de destruição, algumas mais modernas até que as dos países da Otan. Isto não é um blefe”, declarou Putin.

Comunicar erro

Comentários