Mais de 430 quilos de drogas apreendidas são incinerados em Rio Largo

Por Redação Rede Ilha FM, com informações do tnh1 em 30/09/2022 às 15:30:00
(Foto: Divulgação/MP-AL)

(Foto: Divulgação/MP-AL)

O Ministério Público do Estado de Alagoas acompanhou, na manhã desta sexta-feira (30), a incineração de cerca de 430 quilos de drogas. A queima dos entorpecentes ocorreu na Usina Utinga, em Rio Largo, e o trabalho foi fiscalizado pela promotora de Justiça Martha Bueno, que desempenha suas atribuições no enfrentamento ao tráfico de drogas e junto ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Todo o entorpecente incinerado foi resultado do trabalho desenvolvido pela 65ª Promotoria de Justiça da capital, do Gaeco do MPAL, da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Narcóticos (Denarc), e das 8ª e 10ª delegacias da capital, e pela Polícia Militar.

"Esse processo de incineração de hoje é fruto de um trabalho coletivo, que envolveu a 65 Promotoria e as polícias. E nós, como Ministério Público, temos essa missão de acompanhar, de fiscalizar como tudo ocorre. Vale salientar que a droga só pode ser destruída após a conclusão das ações penais e a respectiva condenação dos acusados", explicou a titular da 65ª Promotoria de Justiça, Martha Bueno.

Esta foi a segunda vez que ocorreu esse tipo de destruição em 2022. Anteriormente, no primeiro semestre, cerca de meio tonelada de drogas já havia sido incinerada, fato que também foi fiscalizado de perto por Martha Bueno, que é a promotora de Justiça que recebe para análise as investigações que envolvem drogas e são comandadas pela Denarc e por outras demais delegacias de Maceió.

Tags:   Polícia
Comunicar erro

Comentários