Após se aproximar do centrão, Planalto quer reforçar laços com o MDB, diz jornal

Por Redação Rede Ilha FM com informações do Bahia Notícias em 20/05/2020 às 15:16:03
(Foto: Wilson Dias / Agência Brasil)

(Foto: Wilson Dias / Agência Brasil)

Depois de entregar cargos no segundo e terceiro escalões do governo para partidos do centrão, como PP, PL e Republicanos, o Palácio do Planalto agora quer uma aproximação com o MDB.

O governo Bolsonaro pretende conquistar os 34 deputados emedebistas na Câmara para evitar qualquer chance de um processo de impeachment contra o presidente avançar. Até o momento, Bolsonaro considera ter 172 votos na Câmara para barrar o impeachment.

Nesta terça-feira (19), o presidente do partido, Baleia Rossi, conversou no Planalto com o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, para marcar posição, ao lado dos líderes do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB) e Fernando Bezerra (MDB).

No MDB, o clima é de indecisão. Uma parte do partido acha que a legenda deveria participar oficialmente do governo, com cargos federais e mais proximidade com Bolsonaro.

Outra ala quer que o MDB continue distante e mantenha a posição de independência para não correr risco de acabar ligada a um eventual fracasso do governo. As informações são do jornal Estado de S.Paulo.

Comentários