Após reconquista da Ucrânia, cidade de Kherson tem fuga de civis por novos bombardeios russos

Por Jovem Pan em 27/11/2022 às 08:52:53

Fugindo de novos bombardeios da Rússia, civis saíram de Kherson, cidade do sul da Ucrânia que havia sido recuperada há algumas semanas pelas tropas ucranianas, neste sábado, 26. Uma fila de caminhões, vans e carros, alguns rebocando trailers ou transportando animais de estimação e outros pertences, estendia-se por um quilômetro ou mais nos arredores da cidade. Muitos que estavam felizes e comemorando a reconquista da cidade, que esteve em mãos russas durante boa parte do conflito, lamentaram não poderem continuar na localidade por risco de vida. “É triste estarmos deixando nossa casa”, disse Yevhen Yankov, enquanto a van em que ele estava avançava. “Agora estamos livres, mas temos que sair, porque há bombardeios e há mortes”.

Nos últimos dias, a Ucrânia enfrentou um violento ataque de artilharia russa e ataques de drones, com o bombardeio especialmente intenso em Kherson. Freqeentemente, a barragem tem como alvo em grande parte a infraestrutura, embora tenham sido relatadas vítimas civis. Equipes de reparo em todo o país lutam para restaurar os serviços de aquecimento, eletricidade e água que estão em mau estado. A Rússia intensificou seus ataques à infraestrutura crítica depois de sofrer reveses no campo de batalha. Um proeminente nacionalista russo disse no sábado que as forças armadas russas não têm médicos suficientes, no que foi uma rara admissão pública de problemas dentro das forças armadas.

Na capital ucraniana, Kiev, o presidente Volodymyr Zelenskyy supervisionou um dia agitado de diplomacia, recebendo vários líderes da União Europeia para reuniões e organizando uma “Cúpula Internacional sobre Segurança Alimentar” para discutir a segurança alimentar e as exportações agrícolas do país. Um acordo mediado pela ONU e pela Turquia permitiu exportações seguras de grãos ucranianos no Mar Negro em meio a interrupções de guerra que afetaram o tráfego.

*Com informações da AP News

Comunicar erro

Comentários