Tirulipa é expulso da Farofa da Gkay após tirar biquínis de meninas em brincadeira inspirada na Banheira do Gugu

Por Jovem Pan em 06/12/2022 às 22:35:54

O humorista Tirulipa foi expulso nesta terça-feira, 6, da Farofa da Gkay, que acontece durante três dias em um hotel em Fortaleza, no Ceará, após tirar biquínis de meninas em uma brincadeira inspirada na “Banheira do Gugu”. Chamada de Caixa D’água do Tirú, influenciadores, celebridades e artistas entravam em uma caixa d’água e tinham que encontrar um sabão de coco. No entanto, em pelo menos três vídeos que circulam nas redes sociais o humorista tira os biquínis das meninas que estão participando da brincadeira, sem o consentimento delas. Em uma live no Instagram, a atriz Dora Figueiredo comentou sobre o episódio, que presenciou. “Eu fiquei um pouco chocada assim. Porque, na verdade, o que me incomodou foi que o Tirulipa tirou o biquíni das meninas sem autorização delas. Isso me deixou mal. Entrei no quarto e nem fiz mais stories. Fiquei meio: ‘O que está acontecendo’. Já dei o meu apoio e, se elas quiserem, a gente se ajuda, mas achei muito feio. Eu ia entrar, era a próxima. Mas eu vi ele fazendo e na mesma hora fiquei ‘não vou’. Se fosse eu, teria dado um socão. A sorte dele é que não foi comigo. Porque se fosse comigo, ia ter polícia”, comentou.

A influenciadora Nicole Louise, uma das garotas que tiveram o biquíni arrancado, se pronunciou no Instagram. “Eu estou muito mal com o que aconteceu, me senti invadida. Isso é assédio. Ele não fez só comigo, mas com outras mulheres também. É uma falta de respeito do caramba. Eu estou indignada, porque eu era fã desse cara, gostava muito dele”, disse. Os vídeos circulam nas redes sociais e geraram repercussões na internet. “Tirulipa, pai de duas meninas se prestando a esse papel ridículo. Ô nojeira, velho”, comentou uma internauta. O site da Jovem Pan convidou o humorista a se manifestar em mensagem enviada às redes sociais do humorista e à equipe que cuida de seus shows. Caso ele responda, a reportagem será atualizada.

Confira a repercussão do caso

 

Comunicar erro

Comentários